Streaming será maior do que TV paga em 2020,

Segundo relatório da Ampere Analysis, os serviços de streaming de vídeo sob demanda (sVoD) devem superar os planos de assinatura paga de TV até o final de 2020 em mais de 30 países. O avanço do segmento estaria relacionado, em especial, com a chegada do Apple TV+, que ofereceu a novos donos de dispositivos da Maçã um ano de plano grátis.

A empresa de análise de dados ainda revelou que os Estados Unidos foram o primeiro país do mundo no qual o serviço de streaming ultrapassou a TV a cabo, em 2016, seguido do Reino Unido, em 2018. No ano passado, o total foi de 29 países com essa marca, sendo 12 deles novos integrantes da lista. Desse número, cinco atingiu esse nível sem a presença da Apple TV+ na oferta de plataformas: Itália, Tailândia, Taiwan, Espanha e Dinamarca.

Além disso, a avaliação indica uma forte mudança no segmento desde 2016, de forma que inicialmente apenas quatro países tinham esse perfil.

Impulsionado e liderado pela Netflix, o segmento de streaming também tem crescido em termos de variedade tanto de modo amplo quanto específico. Gigantes do entretenimento, como Disney e HBO, investiram no formato assim como outras companhias digitais ou tecnológicas, como a Amazon e Apple.

Enquanto isso, opções para nichos específicos começaram a surgir, como o Criterion Collection Channel e MUBI, ambos voltados para cinema clássico ou independente.

Outro estudo recente indica que o segmento irá crescer em termos de oferta de conteúdo em 2020. A Netflix deve ser o destaque nesse sentido, com investimento de US$ 17,3 biliões em filmes, séries e outras opções para o catálogo próprio. Já os concorrentes Disney+ e HBO Max devem injetar US$ 2 biliões cada em suas plataformas neste ano.

Fonte:Tecnomundo

JOIN THE DISCUSSION

12 − 10 =