ESPECIAL CLÁSSICOS: RICHARD BURTON nos canais tvcine

Nascido Richard Walter Jenkins, foi incentivado a seguir teatro por um professor, Philip Burton, que mais tarde se tornaria seu mentor e o ajudaria a conseguir uma Bolsa na Universidade de Oxford. Richard mudaria, assim, o seu nome artístico para Richard Burton em sua homenagem. A sua voz ressonante e a presença imponente desde cedo chamaram a atenção de Hollywood e, em 1952, conseguiu a sua primeira participação num filme americano,  My Cousin Rachelque lhe valeu a primeira de sete nomeações para os Óscares. O actor detém assim, juntamente com Peter O’Toole, o recorde de indicações, apesar de nunca ter sido vencedor. Especializou-se em papéis históricos nos anos 50, tendo sido o protagonista da primeira produção em ecrã panorâmico CinemaScope. Tornou-se uma Super Estrela em 1963, com a sua participação em Cleópatra, onde contracenou pela primeira vez com Elizabeth Taylor. Representariam juntos 11 filmes, tendo, na vida real, sido protagonistas de uma das histórias de amor mais polémicas da época.

 

Em 35 anos participaria em mais de 60 filmes, mas apesar do seu sucesso meteórico, a sua carreira sempre foi algo errática e muitas vezes assombrada pela sua vida pessoal. Ainda assim, o seu contributo para o Cinema Clássico é inquestionável, pelo que em Dezembro os Canais TVCine revisitam alguns dos seus principais trabalhos, com o Especial Clássicos: Richard Burton.

 

A não perder nos dias 12, 19 e 26 de Dezembro, quinta-feira, sempre às 22h00, em exclusivo no TVCine 2. 

JOIN THE DISCUSSION

18 − 8 =