Mia couto lança novo livro

O escritor moçambicano lançou esta quarta-feira (9) na Fundação Gulbenkian em Lisboa, Portugal, O Universo Num Grão de Areia, um livro que reúne em 270 páginas mais de duas dezenas de textos que disse perante várias plateias ou escreveu a propósito de acontecimentos. Mia Couto concorda que este é um livro de textos escritos para serem ditos e por essa razão manteve “um tom coloquial e de intervenção”, explicando logo no início essa condição.

Não são contos nem novelas, mas alguns dos textos aproximam-se disso devido ao registo em que foram escritos e, mesmo que Mia Couto confesse que “tive que os retocar para que fossem lidos como escrita”, não divergem muito daquilo a que acostumou o leitor: “Não sei escrever nem falar de outra maneira pois sou especialista em coisa nenhuma. Muitos destes textos resultam do facto de ter sido chamado a intervir em áreas que nem são as minhas, portanto o que pretendo é manter sempre uma aproximação pelo lado poético e mais leve dos assuntos.”

Exemplo dessa diversidade de plateias é o texto que fez num congresso de neurociência: “Eu fui para lá com muito medo porque hoje o foco está sobre os neurocientistas, que são quem vai salvar o mundo e levam-se muito a sério. Resisti a fazer a conferência de abertura noutros moldes que não os deles e resultou, pelo que me pareceu.”

Texto:VIVA e DN

JOIN THE DISCUSSION

three + thirteen =