Associação dos escritores ACOLHE O PROJECTO “FUSION” DE RACHID GUITIERREZ E GABRIELE CIPRETTI

A mostra reúne cerca de 15 obras do artista cubano Rachid Guitierrez, criadas a partir da terapia musical do italiano Gabriele Cipretti. Este é a primeira apresentação deste duo que se conheceu em Moçambique.

 

De 8 de Outubro a 30 de Outubro de 2019, a Associação dos Escritores Moçambicanos, AEMO, acolhe pelas 18 horas, a primeira exposição do projecto “FUSION” de Rachid Guitierrez e Gabriele Cipretti. Com curadoria de Geraldo Agostinho Xavier, a mostra reúne cerca de 15 obras do artista cubano, criadas este ano com a fusão da música do baterista e percussionista italiano.

O projecto “FUSION” nasceu da ideia de unir diferentes culturas através da arte. Graças às obras pictóricas de Rachid Guitierrez (Cuba) e à música de Gabriele Cipretti (Itália) e vivendo ambos na cultura de moçambicana, “gostaríamos de nos juntar a uma única pintura no momento, com música de fundo ao vivo, estas três culturas que nós representamos: cubana, italiana e moçambicana. A ideia é exibir 15 desenhos mais uma tela branca, no meio da noite começa a música ao vivo de Gabriele e Rachid começa a pintar sobre essa, cada noite terá um tema diferente, mas todos eles vão seguir a idéia de intercultura” ”, afirma Gabriele Cipretti.

Para o artista cubano Rachid Guitierrez, nascido em 1991, que fez seus estudos de arte em 2010, na  mais antiga e prestigiada escola de artes em Cuba,  Academia Nacional de Belas Artes de Artes “San Alejandro” Havana, orientado pelos grandes mestres cubanos e tendo participado em várias exposições colectivas em Cuba e na Alemanha, “o projecto Fusion é uma retrospectiva, um reencontro de sensibilidades bem diversas, é um percurso educativo pelas obras dos artistas, que exercitam a sensibilidade e estimulam a reflexão para novas apreensões da realidade propostas a três cores” fala Guitierrez.

JOIN THE DISCUSSION

1 × 4 =