Desfile dos “anjos” da Victoria’s Secret deverá acabar

O desfile anual da Victoria’s Secret deverá mesmo terminar. A possibilidade já estava em cima da mesa, mas no passado dia 10 de maio confirmou-se. A marca enviou um e-mail aos funcionários, no qual afirma que repensou o conceito do desfile e que a televisão já não é o “meio ideal” para o fazer.

A informação foi avançada pelo site de notícias CNBC, que teve acesso ao e-mail enviado por Lex Wexner, CEO da L Brands, detentora da Victoria’s Secret. No e-mail, pode ler-se que “a moda é um negócio de mudança” e que “é preciso evoluir e desenvolver para crescer”. Por esse motivo, a partir deste ano, a marca estará focada em “desenvolver conteúdo entusiasmante e dinâmico e outro género de evento”, que chegará aos consumidores através de plataformas digitais.

De recordar que o último desfile da marca, transmitido em Dezembro de 2018, registou as piores audiências de sempre. A par com a descida de audiência, a marca tem vindo a sofrer quebras nas vendas. Em causa estará a incapacidade da Victoria’s Secret em responder às necessidades dos consumidores. A marca continua a apostar em modelos com corpos idílicos, ao passo que outras marcas se focam em corpos reais.

JOIN THE DISCUSSION

20 − five =