Michelle Obama tira Hillary Clinton da posição de mulher mais admirada nos EUA

Durante 17 anos, Hillary Cliton foi a mulher mais admirada dos EUA, segundo uma sondagem publicada quinta-feira, citada pelo Jornal de Notícias. No entanto, a mesma sondagem indica agora que a ex-candidata presidencial acaba de perder o `posto` para a ex-Primeira-dama norte-americana, Michelle Obama.

Por outro lado, a sondagem assinada pela empresa norte-americana Gallup indica, segundo o Jornal de Notícias, que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama (2009-2017) permanece, pelo 11.º ano consecutivo, como o homem mais admirado pelos seus concidadãos norte-americanos.

O actual chefe de Estado norte-americano, Donald Trump, ocupa a segunda posição pelo quarto ano. Esta sondagem é realizada anualmente pela Gallup desde 1946. A única excepção ocorreu em 1976. Para o estudo do ano corrente, 1025 norte-americanos foram consultados entre 3 a 12 de Dezembro.

Michelle Obama, que está actualmente a realizar um périplo mundial para promover o seu livro de memórias “Becoming: A Minha História” (na versão portuguesa) que foi lançado em Novembro passado, recolheu 15% dos votos.

A ex-Primeira-dama ficou à frente da apresentadora de televisão e empresária Oprah Winfrey (5%), bem como de Hillary Clinton e da actual Primeira-dama Melania Trump, que ficaram empatadas com 4% dos votos.

Hillary Clinton liderou esta sondagem 22 vezes, incluindo os 17 anos consecutivos.

Do lado das personalidades masculinas, Barack Obama obteve 19% dos votos, seguido de Donald Trump (13%) e do papa Francisco e do antigo Presidente George W. Bush (2001-2009), que alcançaram a mesma votação (2%).

 

JOIN THE DISCUSSION

1 × two =