Lenna Bahule lança Nômade em Maputo

A jovem cantora moçambicana, Lenna Bahule, lança esta sexta-feira (9)  o seu primeiro disco, Nômade, num concerto a realizar-se no Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM), em Maputo. O espectáculo marcará o regresso da cantora que esteve cinco anos radicada no Brasil.

“Nômade”, que teve a sua estreia em terras brasileiras em 2016, é um trabalho baseado na pesquisa sobre música e improvisação vocal e releitura de cantos populares moçambicanos. Neste trabalho, além de canções da sua autoria, Lenna interpreta também cânticos do folclore popular de Moçambique, explorando o uso potente da voz, do corpo, dos ritmos tradicionais e da narração fonética com história, improvisos e cantoria.

Sobre o álbum, Lenna Bahule disse em entrevista a revista brasileira “Trip”que “Nômade é uma grande aventura sonora. É de total desprendimento e liberdade. O disco não é de um único lugar, nem de uma única pessoa, é do mundo. Uso a minha história como mapa sonoro, mas nele fica o convite para também ser criativa. Este é o ponto comum entre Nômade e todos os meus outros trabalhos: a co-criatividade no momento do encontro com a arte”.

No CCFM actuaram como convidados  os músicos Danilo Moraes, Associação cultural Hodi, May Mbira, Cheny Wa Gune, e Tchaka Waka Bantu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto:Redacção, Radar e TRIP

JOIN THE DISCUSSION

19 + 11 =