Autor de “Cidade de Deus” e Prémios Saramago no Festival Literatas

Paulo Lins, escritor brasileiro autor do best-seller “Cidade de Deus”, adaptado para o cinema, João Tordo (Portugal) e Andrea Del Fuego (Brasil), ambos vendedores do Prémio José Saramago, em 2009 e 2010, respectivamente, Victor Hugo Mendes (Angola) e Hélder Faife (Moçambique) são os escritores em destaque na terceira edição do Festival Literatas, a ter lugar nos dias 6 e 7 de Outubro de 2017, no Auditório Municipal Carlos Tembe, na cidade da Matola.

A terceira edição do festival de artes e literatura, LITERATAS, no Auditório Municipal Carlos Tembe (ex-Cinema 700), no município da Matola, província de Maputo,  contará, de acorco com os organizadores,  com um programa diversificado que inclui conversas com escritores, conferências sobre políticas culturais e sobre a cultura na Matola, espectáculos de música, dança e teatro, exibição de filmes, concursos literários, feiras de livro, disco e artesanato, entre outras actividades que envolvem crianças, jovens e adultos.
“O Festival Literatas na versão 2017 tem como lema “Pensar Identidades”, uma forma de olhar para a diversidade cultural moçambicana e a sua relação com outras identidades culturais, desde a região austral e a lusofonia. Uma forma de olhar e exercer diferentes papéis na cultura, incluindo a empregabilidade nas artes e o turismo, bem como dos estilos de vida e consumo de obra de arte no contexto nacional e global é o que nos desafia o encontro de várias artes e diferentes actividades no mesmo espaço”,  lê-se na nota enviada a VIVA.
No que diz respeito à literatura o destaque desta edição vai para os encontros entre escritores, a juntar Moçambique, Angola, Brasil e Portugal, já no segundo dia do Festival que contam com os apoios do Camões – Centro Cultural Português em Maputo e da Embaixada do Brasil em Maputo. O primeiro encontro e debate será entre João Tordo, escritor português, uma referência da literatura contemporânea daquele país, vencedor de prémios importantes como José Saramago, em 2009, o escritor e jornalista angolano Victor Hugo Mendes e Hélder Faife, também uma referência na literatura contemporânea em Moçambique, com mediação de Dionísio Bahule, para a conversa com leitores e o público em geral sobre o tema “quando o livro nos acorda para a vida”, às 14 horas.
O segundo encontro será entre os escritores Paulo Lins, brasileiro, autor da famosa obra “Cidade de Deus”, com a escritora também brasileira Andrea Del Fuego e a actriz, encenadora e professora de teatro, Maria Atália, para uma conversa com o tema “As vivências como trampolim para chegar ao sentido das artes”, com moderação do jornalista Elton Pila, também coordenador do programa principal do Festival, às 16 horas.
Ao promover estes encontros, o Festival Literatas cujo mentor é o Movimento Literário Kuphaluxa, com os parceiros Conselho Municipal da Cidade da Matola, a Vice Versa Ideias, Só Arte Media, Puma Energy, Beko e Escola de Comunicação e Artes da UEM, pretende-se explorar o universo criativo dos autores unidos pelas relações culturais e linguísticas dos países membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, além de procurar despertar interesse sobre as linhas de convergência no trabalho criativo de ambos juntamente com os leitores.

JOIN THE DISCUSSION

fourteen − 8 =