Como identificar maquilhagem falsificada

Quando se trata de maquilhagem, uma das coisas mais frustrantes que pode acontecer é  comprar um produto acreditando que ele é original e descobrir que, na verdade, é falso.

Como se isso já não fosse mau o suficiente, tem de acrescentar-se o facto de que produtos falsificados não passaram por qualquer tipo de avaliação de qualidade, de modo que é impossível saber se o produto é realmente adequado para uso, se apresenta ou não substâncias tóxicas e se foi produzido de forma higiénica.

Mas o facto é que as maquilhagens e cosméticos falsificados existem e o que se pode fazer é buscar estratégias para evitar ser enganada. Lembrando sempre que usar produtos falsificados pode inclusive ser prejudicial à saúde!

Thaty Oliveira, make up artist de São Paulo, ajudou a listar algumas dicas e cuidados para evitar falsificações:

1. Escolha bem o local onde você vai comprar o produto:

Thaty explica que é importante prestar atenção a onde você compra o produto. A melhor forma de saber onde comprar um produto é aceder ao site oficial e verificar quais são os revendedores autorizados da marca, tanto em relação a lojas físicas quanto virtuais. Deve desconfiar se encontrar um produto indicado como MAC, Chanel, ou qualquer outra grande marca, misturado a produtos para a casa e papelaria. Essas marcas não vendem seus produtos em lugares desorganizados.

2. Considere se o preço do produto está de acordo com sua qualidade:

Maquilhagens e cosméticos de qualidade, em especial de marcas internacionais, são caros. E não adianta acreditar em promoções mágicas, em que o produto está com 80% de desconto, por exemplo, pois certamente há algum problema com tal produto. Na maioria das vezes, é um produto falso. Mas, se for verdadeiro, é possível que esteja prestes a vencer, e você não vai conseguir aproveitar o produto por muito tempo, já que produtos vencidos também podem fazer mal à sua pele.

A dica aqui é considerar o preço no site oficial e ter em mente que os descontos geralmente estarão em torno de 20%, sendo que os maiores descontos giram em torno de 40%, não mais do que isso. Algumas lojas virtuais certificadas às vezes têm produtos com até 60% de desconto, mas dificilmente são de grandes marcas. O mais comum é que sejam de marcas menores, e apenas um ou dois produtos específicos, nunca uma linha toda.

3. Observe detalhadamente a embalagem:

Há algumas falsificações bastante óbvias. Daquelas que só de olhar  já sabe que não pode ser um produto daquela marca que o produto diz ser. Porém, os falsificadores têm se aproximado cada vez mais da aparência original das embalagens, o que faz com que seja necessário redobrar a atenção nesse ponto.

Ainda assim, é um detalhe que sempre deve ser analisado, pois as embalagens falsificadas costumam “se trair”, já que o material utilizado nunca é tão nobre e sofisticado quanto o do produto original.

4. Cheque as informações de fabricação presentes na embalagem:

O primeiro elemento a ser observado aqui é o código de barras. Os três primeiros dígitos representam o país onde o código foi emitido. Desconfie se esses números não representarem nenhum país ou se o país apresentado no código não coincidir com o país apresentado na embalagem como local de fabricação. Pode significar que o produto é falsificado.

5. Verifique as tonalidades do produto:

Dificilmente os falsificadores conseguem reproduzir fielmente as cores e tons de bases, sombras, blushes e batons. Assim, visitar o site do fabricante e verificar quais cores estão realmente disponíveis ajuda bastante na hora de descartar as imitações. Preste atenção também no brilho dos produtos. Se a paleta oficial é de tons matte e opacos e a que estão te vendendo é cheia de sombras brilhantes, há algo errado!

6. Avalie o odor e consistência do produto:

De acordo com Thaty Oliveira, algumas marcas tem um cheiro característico que as versões falsificadas não conseguem reproduzir. Assim, prestar atenção ao cheiro do produto é uma boa forma de identificar se você está lidando com um produto falsificado.

E mesmo que você não conheça o cheiro original de um produto de uma grande marca, leve em consideração o fato de que ele não deve cheirar mal. Também não pode empelotar, desmanchar facilmente ou conter impurezas

7. Observe a qualidade dos pincéis ou aplicadores que acompanham o produto:

Mesmo no caso de embalagens muito semelhantes às originais, às vezes é possível reconhecer a imitação por meio dos pincéis ou aplicadores incluídos. Compare a forma, a cor e a qualidade com o que é apresentado no site oficial. Além disso, sinta a qualidade do material, o tipo de cerdas, se elas se desprendem facilmente ou são bem firmes. Pincéis com cerdas semelhantes a cerdas de escova de dente devem lhe deixar em alerta, assim como pincéis com cerdas de tamanhos muito irregulares sem qualquer explicação para isso.

8. Teste o produto antes de comprá-lo:

Tente sempre experimentar os cosméticos antes de comprá-los. Muitas vezes, é na textura que se nota que aquele produto não pode ser da marca que diz ser. Aliás, estranhe se a loja não tiver um produto disponível para teste: grandes marcas geralmente consideram a experimentação como algo essencial para demonstrar a qualidade da marca.

 

JOIN THE DISCUSSION

11 + 1 =