Aluno esfaqueado expulso da Josina Machel

A direcção da Escola Secundária Josina Machel decidiu pela expulsão dos dois alunos envolvidos no caso de esfaqueamento havido há duas semanas naquele estabelecimento de ensino médio.

A decisão tomada pelo corpo directivo daquela escola revela-se, porém, contrária às palavras do ministro da Educação, Jorge Ferrão, que três dias depois do incidente, tinha defendido uma medida reabilitativa para aqueles dois estudantes. “Nós sabemos que temos a responsabilidade de recuperar as nossas crianças. Só existe ministério e só existe escola porque queremos moldar o nosso comportamento e moldar o comportamento significa que mesmo aqueles que têm um desvio do padrão devem ser recuperados, senão ajudam a criar marginais no país”, defendeu o ministro.

No entanto, a direcção da escola explicou que a medida de expulsão baseou-se na recomendação deixada pela comissão de inquérito responsável pelo apuramento das causas do esfaqueamento.

JOIN THE DISCUSSION

1 × two =