“Uma família muito moderna” perto do fim

Steven Levitan e Christopher Lloyd, criadores de “Uma Família Muito Moderna”, querem que a 10ª temporada da série de humor seja a última.

A confissão foi feita ao “The Hollywood Reporter”. “O nosso plano é terminar a série na 10ª temporada”, disseram Steven Levitan e Christopher Lloyd, criadores de “Uma Família Muito Moderna”. “Se pudermos deixar os espectadores com aquela vontade de ‘quero mais’, é perfeito”, justificaram. “Nunca se diz nunca, mas não vejo hipótese de continuarmos depois da temporada 10”, frisou Levitan.

O final de “Modern Family” (título original) não significa, no entanto, que as suas personagens deixem de ser vistas em televisão. “Uma ideia interessante seria brincarmos com spin-off”, acrescentou Lloyd, deixando no ar a possibilidade de fazer séries derivadas. “O público gosta de todas as nossas personagens, não há um que fosse ser desprezado se protagonizasse uma série”, explicou o criador.

O também produtor executivo já tinha afirmado que num momento inicial o “objetivo” era simplesmente manter a série “no ar”. Mas com o passar do tempo e com o sucesso obtido junto dos telespectadores, “dez temporadas” parece “um bom número” à equipa.

Em exibição desde 2009, “Uma Família Muito Moderna”, produzida da ABC recebeu desde a sua estreia 342 nomeações para prémios de TV, tendo arrecadado 117. Na altura da sua estreia, foi descrita como “a melhor nova sitcom da década” pelo Entertainment Weekly.

Ed O’Neill, Sofía Vergara, Julie Bowen, Ty Burrell, Jesse Tyler Ferguson, Eric Stonestreet, Sarah Hyland, Ariel Winter, Nolan Gould e Rico Rodriguez são os protagonistas.

A 10ª temporada começará a ser transmitida no final deste ano, prolongando-se por 2019.

 

 

 

 

 

Texto:N-TV

JOIN THE DISCUSSION

20 − 20 =