Morreu John Young, astronauta “mais experiente”

John Young foi a única pessoa a voar em três programas diferentes da NASA. O astronauta norte-americano andou na Lua em 1972, foi seis vezes ao espaço e era considerado o astronauta “mais experiente” dos Estados Unidos. Ao que descreve o Público, Young também era conhecido por ter conseguido “contrabandear” uma sandes de carne para uma nave espacial para o seu companheiro de viagem. A NASA não gostou, e na altura a acção levou a algum debate, mas a sua carreira não foi prejudicada.

“A carreira do astronauta John Young durou três gerações de viagens ao espaço”, disse o administrador da NASA Robert Lightfoot em comunicado citado pelo Publico. Num tweet, a organização descrevia-o como “o nosso astronauta mais experiente”.

Young – que morreu na sexta-feira, na sua casa em Houston, Texas, aos 87 anos, vítima de complicações de pneumonia – participou duas vezes em missões no espaço com o programa Gemini da NASA nos meados dos anos 1960, duas vezes nas missões Apollo, à Lua, e duas vezes em vaivéns espaciais nos anos 1980. Foi a nona pessoa a andar na Lua. John Young passou um total de 34 dias, 19 horas e 39 minutos no espaço, incluindo 20 horas e 14 minutos na Lua. “Acho que tive muita sorte“, disse Young numa entrevista em 2004, quando se retirou após 42 anos na NASA.

As missões à Lua foram “maravilhosas”, descreveu. “Há um sexto de gravidade, não é como estar em gravidade zero, onde se deixa cair um lápis e se passa três dias à procura dele. Com um sexto de gravidade, olha-se e ele está lá”.

JOIN THE DISCUSSION

20 − 3 =