Dois novos trabalhos de Banksy nas ruas de Londres

O artista “anónimo” voltou a deixar a sua marca nas ruas de Londres e agora inspirou-se no também artista Jean-Michel Basquiat. As obras estão a ser interpretadas como uma crítica às forças policiais.

Dois novos trabalhos do artista anónimo Banksy apareceram nas ruas de Londres – mais especificamente, no Barbican Centre, um centro de artes e espectáculos. Os murais, que são totalmente inspirados pela nova exposição de Jean-Michel Basquiat (a ser exibida ali mesmo), foram confirmados como genuínos na conta de Instagram de Banksy.

O artista utilizou a rede social para divulgar as novas peças, através de vários posts, e escreveu “uma nova exposição de Basquiat vai abrir no Barbican – um sítio que normalmente é muito rápido a limpar qualquer graffiti das suas paredes”. Esta é uma clara alusão aos critérios do centro artístico, já que recusam qualquer tipo de arte urbana nas suas paredes mas acolhem uma enorme exposição de Jean-Michel Basquiat, que começou por ser um graffiter.

Uma das peças mostra uma roda gigante com pessoas à espera para entrar mas, ao invés das tradicionais carruagens, Banksy desenhou coroas – um motivo frequente nas obras de Basquiat.

A segunda obra mostra um rapaz a ser revistado por dois polícias, naquela que está a ser interpretada como uma projeção daquilo por que Basquiat, sendo negro, passaria hoje, se estivesse vivo:uma análise recente do governo britânico revelou que a polícia daquele país revista muito mais cidadãos negros do que brancos. A peça é claramente inspirada por outra, do próprio Jean-Michel Basquiat, que se chama “Boy and Dog in a Johnnypump”.

JOIN THE DISCUSSION

two − 1 =