Paladares cruzados no El Latino

A sua abertura partiu de uma aposta entre dois amigos brasileiros que acabavam de chegar ao país, concretamente à cidade da Maxixe, província de Inhambane. De um lado, Marcos Birgit negava que, pelo menos naquela região em que se encontravam, fosse possível encontrar algum restaurante que servisse pratos brasileiros. Em jeito de discórdia, Carlos Oliver desafiou o amigo a irem me busca do ‘eldorado’. Para a sua frustração, pelo menos nos lugares por onde passaram, não encontraram nenhumas opções de pratos brasileiros. “Para me vingar dos outros restaurantes e do meu amigo Marcos, em 2015 abri este restaurante, que serve principalmente comida brasileira”, conta Carlos Oliver, sócio-gerente do restaurante que serve, entre outros pratos, a pamonha, pão de queijo, farofa, galinha de cabidela, bolo de rolo, bolo de chuva, requeijão cremoso, batata-doce assada, milho assado.

Oliver teve que abrir mão do trabalho humanitárioque vinha desempenhandonas comunidades a convite de uma ONG internacional, já que mais de 70% do seu tempo é dedicado ao restaurante El Latino, cabendo ao amigo Marcos dobrar a sua atenção para cobrir as tarefas do Oliver. “Pelo menos consola-me saber que muitos brasileiros, incluindo o meu amigo, vêm tomar as refeições aqui. Tenho recebido também moçambicanos e pessoas de outras nacionalidades.”

Estrategicamente, Oliver não se limita ao cardápio ‘latino-americano’. Ele aposta também em pratos nacionais como o frango à zambeziana, matapa, mucapata, entre outros, para tal conta com a generosa mão do amigo moçambicano, que por coincidência já tinha o sonho de abrir um restaurante. “Ele tem me ajudado muito. Acabámos nos tornando sócios, ele como cozinheiro e eu gerente. Está a ser uma experiência única, porque no Brasil não desenvolvia nenhum negócio. Ser gerente de um estabelecimento é algo que nunca me tinha passado pela cabeça”, confessa Oliver que sonha futuramente em ser proprietário de um hotel, mas na cidade de Inhambane.

BI

Restaurante El Latino

Localizado na cidade de Inhambane

Abre de segunda a sábado, das 9h às 22horas

Contacto: 84 2741572

JOIN THE DISCUSSION

17 − two =