CAPE TOWN-PARAÍSO METROPOLITANO A DOIS PASSOS DE MOÇAMBIQUE

A PRIMEIRA VEZ QUE A CIDADE DO CABO FOI REFERENCIADA POR ESCRITO FOI NA ÉPOCA DOS DESCOBRIMENTOS, QUANDO O EXPLORADOR PORTUGUÊS BARTOLOMEU DIAS PASSOU PELO LOCAL, EM 1486. 531 ANOS DEPOIS, CAPE TOWN É UMA DAS CIDADES MAIS REFERENCIADAS NO MUNDO, E POR BOAS RAZÕES.

A partir do aeroporto de Joanesburgo, a movimentação de pessoas vindas de diferentes pontos do mundo com destino à Cidade do Cabo é visível, identificáveis pela fisionomia, traje, postura ou até pelos hábitos religiosos. Cape Town é por excelência um receptáculo dos vários povos do mundo, o ponto da África do Sul que mais turistas atrai. Do aeroporto ao centro da cidade, com as estradas a serpentearem entre declives naturais e a vegetação de um verde vivo, coabitam em perfeita harmonia, a natureza e o que o homem construiu. O horizonte é quase sempre dominado por uma cadeia montanhosa; a estrada com a sinalização sempre no lugar, a anunciar a pousada mais próxima – prova de que é uma cidade preparada para receber qualquer visitante. Das largas estradas que vão do aeroporto ao centro da cidade, vislumbram-se as edificações que com- põem o centro da cidade, construída no respeito pela paisagem envolvente. A Cidade do Cabo é acima de tudo um belo espaço verde. A vegetação abundante, entre parques, reservas naturais e jardins botânicos, moderam o ambiente citadino, onde abundam luxuosos e potentes carros.

waterfront

A cidade está repleta de grandes edificações oficiais, empresas, restaurantes luxuosos, hotéis e majestosos centros comerciais (diz-se que são os melhores e mais movimentados de África), a Table Mountain, assume uma postura de muralha protegendo Cape Town, e constitui um dos maiores atractivos turísticos, classificada como uma das 7 maravilhas da natureza. Da Table Mountain, vislumbra-se uma panorâmica da cidade, percebendo-se melhor a sua estrutura, a sua ligação com a vasta cadeia montanhosa e com a costa rochosa.

 

Esta é uma das vistas mais lindas do mundo, comparável em monumentalidade ao panorama de que se usufrui do alto do Corcovado, no Rio de Janeiro. Ir da base da Table Mountain ao topo, de onde se pode fazer o “Jump” em Parapente, requer uma boa disposição e resistência física, para além de vestuário adequado para este safari montanhoso. Os trilhos que permitem a ascensão são lugar de concentração de pessoas de variadas nacionalidades, entre os que sobem a montanha para ver o panorama da cidade, praticantes das diversas modalidades desportivas – como os apreciadores de escalada ou de outros desportos radicais. Uma das maiores atracções na costa de Cape Town, é o Waterfront, uma enorme área de entretenimento colada ao porto. É possivelmente o ponto mais popular entre os turistas, devido à grande concentração de lojas, restaurantes e de entretenimento, como o Two Oceans Aquarium ou o Museu Marinho. Este é um dos pontos de partida para a visita a Robben Island, onde se localiza a prisão onde eram mantidos os presos políticos durante o apartheid. Aqui foi mantido prisioneiro o prémio Nobel da Paz, Nelson Mandela. No Waterfront, está localizado o “Two Oceans Aquarium” – que é um moderno aquário, que tem em exibição a extraordinária vida marinha dos Oceanos Pacífico e Atlântico, com cerca de 3000 animais marinhos vivos, desde pinguins a tubarões, peixes e tartarugas. Na costa Leste da península do cabo, situa-se o Table Mountain National Park – classificado com Património da Humanidade – onde se pode ver o pinguim africano. Banhado por águas límpidas e de uma transparência divina, e com numerosos rochedos onde os pinguins costumam tomar o seu banho de sol, o Table Mountain National park, faz parte de um conjunto de reservas naturais que se encontram a berma da estrada, nomeadamente a reserva dos babuínos e a das avestruzes. 

A Cidade do Cabo, pelo seu conjunto de elementos naturais, e das edificações construídas pelo homem de como são o caso do histórico bairro da Bo-Kaap, da Robben Island, do Waterfront, dos grandes jardins e das grandes fazendas onde nos podemos deliciar com queijo natural produzido por métodos tradicionais, é um lugar de visita obrigatória no roteiro dos grandes destinos mundiais.

JOIN THE DISCUSSION

5 × 3 =